Decor: Dicas de iluminação

Todo mundo gosta de estar em ambiente aconchegante, correto? Para isso temos que tomar alguns cuidados com a iluminação. São tantas as opções de lâmpadas, cores ou luminárias que as vezes confundem.
Um bom projeto de iluminação pode mudar totalmente um ambiente, criar diversos cenários e também valorizar o aconchego. Pra ajudar um pouco, hoje vamos ter dicas de iluminação mais correta para os ambientes.

1. Evite o ofuscamento

O ofuscamento acontece quando a luz bate em alguma superfície e reflete diretamente nos nosso olhos, incomodando e interferindo na visão. Para evitar isto dentro de casa é preciso tomar cuidado com os pontos de luz intensa perto de materiais reflexivos utilizados nos acabamentos ou detalhes decorativos.


2. Temperatura de cor

De nada adianta ter um dormitório super acolhedor, com almofadas e mantas lindas se a luz escolhida for fria e dura, com temperatura de cor maior. Para locais como quartos e sala de estar, onde o descanso e o lazer são a prioridade, o mais indicado são lâmpadas que tenham uma luminosidade amarelada e quente, com temperatura menor. Já locais que demandam concentração e trabalho, como escritórios, cozinhas e banheiros, são beneficiados pela luz fria.


3. Visual harmônico

Para termos um visual mais equilibrado e também convidativo, basta utilizar combinações de tipos diferentes de iluminação. Normalmente a luz geral fica centralizada num ambiente, sendo ela mais forte e com poder de iluminar todo o cômodo de forma mais uniforme. 
Pontos de luz indireta com ajuda de abajures ou pendentes, dispostos em mesas laretais, criados-mudos ou aparadores. Para finalizar, pode-se acrescentar iluminação dirigida com luminárias articuladas, de mesa ou piso, ou ainda arandelas de parede para iluminar algum ponto focal específico.


4. Luminárias do tamanho certo

Um ponto muito importante é levar em conta a dimensão do ambiente antes de adquirir o lustre, assim é possível evitar dores de cabeça. Sempre escolha uma luminária que seja proporcional ao espaço onde ela será instalada: se o living é integrado, ambro e com pé-direito duplo? Os modelos grandes e chamativos funcionam bem, agora se a sala é pequena e tem o teto rebaixado, melhor optar por um lustre pendente mais discreto ou um modelo embutido e simples.




Nenhum comentário:

Postar um comentário